Publicidade

Fundos de investimento imobiliário: como funcionam?

Cada vez mais os fundos de investimento imobiliário tem sido uma opção interessante para investidores. Continue a leitura e saiba tudo sobre o assunto!

Por:

Fundos de Investimento Imobiliário
Fonte: Google
Publicidade

Você sabe o que são fundos imobiliários? Ou melhor, fundos de investimento imobiliário?

Eles se tornaram uma opção de investimento muito popular sobretudo a partir de 2007 pela facilidade de negociação de suas cotas.

Se você não está entendendo A com B do que eu estou falando, não se preocupe, resolvi destrinchar o assunto dos FII (Fundos de Investimento Imobiliário) para que você possa considerar essa modalidade de investimento e possa diversificar a sua carteira.

Não se preocupe, eu garanto que após a leitura você não terá nenhuma dúvida quanto a essa opção de rentabilizar o seu dinheiro.

Para pessoas que hoje estão na faixa dos trinta a quarenta anos, assim como eu, com certeza devem ter ouvido dos pais, mas sobretudo dos avós, que a melhor maneira de investir o dinheiro era aplicando-o na compra de imóveis.

Isso porque se caso nada desse certo, poderíamos contar com o aluguel da propriedade, além disso, há a natural valorização do bem com o decorrer dos anos.

Com sabemos, de fato investir diretamente em imóveis é uma alternativa interessante, mas não é um investimento com alta liquidez, o que acaba prejudicando-o.

Por exemplo, não conseguimos rapidamente vender ou comprar um imóvel.

Por conta disso, em 2007 tivemos um boom de um tipo de investimento, os Fundos de Investimento Imobiliário, ou FII.

Esse estouro se deu sobretudo pela facilidade de negociação proposta pela iniciativa, tornando a possibilidade de investimento ideal para pessoas físicas.

Rapidamente os FII se tornaram o investimento da moda.

O que são os FII na prática?

Os Fundos de Investimento Imobiliário podem ser facilmente entendidos se usarmos como exemplo um prédio com vários moradores.

Vamos supor que você more em um prédio e nesse prédio todos os moradores resolvem agrupar o seu capital para investirem juntos em um determinado investimento.

Na prática, os fundos de investimento imobiliário nada mais são do que um grupo de pessoas que resolveram agrupar o seu capital para investirem juntos.

O agrupamento é denominado de fundo.

Nesse caso, fundo de investimento imobiliário porque os recursos capitaneados são destinados exclusivamente ao investimento no mercado imobiliário.

Alguns detalhes dos fundos de investimento imobiliário merecem a nossa atenção.

Mesmo que você seja o titular do seu apartamento, ou seja, tenha a sua propriedade, você não exerce nenhum direito legal ou contratual sobre ele, cabendo a administradora e gestora do fundo direcionar o capital para os investimentos.

Os fundos de investimento imobiliário aplicam seus recursos em empreendimentos imobiliários como galpões logísticos, shoppings centers, edifícios comerciais e ainda a compra de Letras de Crédito Imobiliário, a LCI, dentre outros similares.

Investindo nos fundos de investimento imobiliário

Para investir nos fundos de investimento imobiliário o investidor adquiri cotas desse fundo.

As cotas são basicamente como ações dos fundos.

Se você deseja investir mil reais em um fundo de investimento imobiliário no qual as cotas custam cem reais cada, você poderá com esse valor adquirir dez cotas.

As cotas podem ser compradas tanto pode meio de ofertas públicas feitas pela administradora e gestora dos fundos quanto no mercado secundário onde é negociado diretamente com o investidor interessado em vender as suas cotas.

Lembre-se que as cotas que você tem determinam quanto você vai receber quanto ao rendimento obtido pelo fundo.

Por falarmos em rendimento, é importantíssimo conhecer as taxas cobradas pela administradora do fundo que você pretende investir.

Todos dos fundos de investimento, sejam eles do setor imobiliário ou não, apresentam taxas administrativas que são pagas por seus investidores.

Conhecer a taxa que você vai pagar é fundamental uma vez que ela tem direta relação com o que você vai receber com o investimento.

Quanto mais alta for a taxa administrativa cobrada, menor acaba sendo a lucratividade do fundo.

Para que você tenha uma ideia, algumas administradoras podem cobrar apenas meio por cento por ano pela administração do fundo, enquanto outras podem cobrar quatro por cento.

Pesquisar é fundamental para garantir a melhor escolha dentro das possibilidades disponíveis.

Quais as vantagens dos fundos de investimento imobiliário?

Se interessou pelo investimento através dos fundos de investimento imobiliário e gostaria de conhecer as principais vantagens dessa modalidade de investimento? Vamos lá.

Uma das principais vantagens desse tipo de investimento é que você não precisa de muito para começar a investir.

Ou seja, pessoas que não possuem muito capital podem sim começar a investir por meio de fundos de investimento.

Além disso, são super práticos e fáceis, com boa liquidez.

A compra e a venda de cotas é basicamente como ações, rápida e fácil.

Outra vantagem que não poderia deixar de mencionar sem dúvida alguma é a rentabilidade.

As cotas podem se valorizar muito no decorrer do tempo.

Assim sendo, você pode vender as suas cotas por um valor significativamente mais alto do que o valor inicialmente pago por você no momento da compra.

Além disso, você recebe mensalmente rendimentos de suas cotas como se fossem alugueis.

Por Rafael Mansberger – Especialista em crédito – @rafaelmansberger – E-mail: [email protected]

Recomenda

Últimas