Anúncios

CDB: descubra o que é e como funciona

Anúncios Investir pode ser uma excelente alternativa para fazer o seu dinheiro realmente trabalhar por você. Mas como investir? Quais […]

CDB
Fonte: Google
Anúncios

Investir pode ser uma excelente alternativa para fazer o seu dinheiro realmente trabalhar por você.

Mas como investir? Quais os melhores caminhos para isso?

Uma alternativa que tem atraído muitos investidores é o CDB, Certificado de Depósito Bancário, mas você sabe o que significa? E o melhor, sabe como investir por meio dele?

Não é de hoje que a poupança vem perdendo o posto de investimento preferido dos brasileiros.

Apesar da sua popularidade e igualmente da sua segurança a rentabilidade é extremamente baixa, o que acaba levando muitas pessoas a procurarem investimentos mais inteligentes que promovem melhores retornos do que a caderneta de poupança mas mantendo a sua mesma segurança.

Nesse sentido o Certificado de Depósito Bancário é um dos preferidos.

Certificado de Depósito Bancário para você

O principal objetivo do CDB é arrecadar recursos para as instituições financeiras responsáveis por sua emissão.

Assim como nós, as instituições financeiras e aqui podemos entender sobretudo os bancos, precisam de dinheiro para a manutenção das suas atividades e igualmente para o lançamento de novos projetos.

Para isso temos o Certificado de Depósito Bancário.

Na prática, é como se você emprestasse dinheiro para o banco e ele pagasse juros a você pelo valor emprestado ao término do prazo acordado.

É um tipo de investimento de renda fixa, você sabe exatamente quanto vai ganhar ou pelo menos parte do que vai ganhar no momento de aquisição dos seus títulos, dependendo do tipo de rendimento escolhido.

Para quem ainda está um pouco em dúvida quanto a esse investimento, o CDB é garantido pelo Fundo Garantidor de Créditos ou FGC mesmo órgão que dá  segurança para as aplicações da poupança.

Exemplo prático para entendermos o CDB

O Certificado de Depósito Bancário é um título privado de renda fixa.

Os títulos de renda fixa podem ser tanto títulos públicos quanto títulos privados e podem ser entendidos da seguinte maneira:

A instituição X precisa de recursos para o financiamento de um novo projeto financeiro que está prestes a lançar no mercado.

Para arrecadar esses recursos ela faz a emissão desses títulos, ou seja, os Certificados de Depósito Bancário.

Esses títulos são como pequenos ou não tão pequenos empréstimos que os investidores farão a instituição em troca de uma N quantidade de títulos.

No momento da aquisição fica acorda um prazo para resgate dos títulos no qual o banco paga a você o valor emprestado acrescido da taxa de juros acordada para o período.

Dizem que o investimento por meio de títulos públicos ou privados é um tipo de empréstimo inverso onde ao invés de emprestarmos dinheiro do banco para o que precisamos é o banco que empresta de nós para as suas necessidades.

O investimento por meio de títulos públicos ou privados funciona dessa maneira, o que muda entre as instituições é a relação estabelecida entre as partes e quem é o emissor dos títulos.

No caso do CDB o emissor são os bancos.

É para eles que os investidores, no caso você e eu, emprestamos o dinheiro que será pago ao final do tempo acordado acrescido da taxa de juros definida no momento de compra dos títulos.

Apesar de ser entendidos como um processo de compra de títulos públicos ou privados, o investimento por meio do CDB é mais facilmente entendido quando colocamos sob a óptica de um empréstimo inverso.

Qual o rendimento CDB?

O rendimento do CDB é difícil definir e trazer claramente, isso porque parte de um acordo entre a instituição e seus investidores.

O que eu posso categoricamente afirmar é que bancos menores, que talvez você nem mesmo conheça acabam pagando uma taxa de juros em seus títulos muito mais eleva do que bancos mais conhecidos.

E isso acontece justamente porque eles não têm a publicidade positiva a seu favor.

“Mas são seguras?”

Você deve estar se perguntando isso nesse exato momento. A resposta é sim.

Elas são tão seguras quanto os grandes bancos porque possuem o mesmo Fundo Garantidor que dá segurança a ação.

Todavia há algumas coisas importantes sobre rendimento do Certificado de Depósito Bancário que você precisa saber.

Os tipos de CDB

Existem três tipos de rentabilidade para os certificados.

Há o CDB prefixado, como o próprio nome sugere a taxa de juros desse tipo de investimento é informada ao investidor no momento da compra.

Você sabe exatamente quanto o seu dinheiro vai render no período investido.

É uma boa alternativa para quem não quer sofrer com indicadores econômicos voláteis que podem surpreender tanto positivamente quanto negativamente.

Temos também o Certificado de Depósito Bancário pós fixado.

O valor exato de quanto você vai receber só é determinado no final.

Nesse tipo de investimento é comum ver, por exemplo, CDB 100% CDI a.a.

Isso significa que a instituição em questão paga cem por cento da média obtida no CDI que é o Certificado de Depósito Interbancário.

Para que os bancos fechem sempre no azul, é comum o empréstimo entre eles.

É um empréstimo de curtíssima duração e esse empréstimo determina o CDI.

Como é uma prática comum entre os bancos acabou se tornando referência para inúmeros serviços bancários.

Por último temos o CDB híbrido.

Nele o seu rendimento está atrelado a inflação.

Você deve estar pensando então que não haverá ganho real, não é?

Por isso é denomina de híbrido.

Além do índice inflacionário do período, o investidor recebe uma porcentagem estabelecida no momento de aquisição dos seus títulos.

Essa é uma opção de investimento na qual se mantém o valor do dinheiro uma vez que é certeza que seus ganhos estarão acima da inflação.

Por Rafael Mansberger – Especialista em crédito – @rafaelmansberger – E-mail: [email protected]

Caroline

por

Caroline