Anúncios

Plano de Saúde: Um guia para você identificar qual se encaixa no seu bolso e nas suas necessidades.

Não é tão complicado assim ter um plano de saúde, é só encontrar o melhor para seu perfil. Neste artigo vamos te ajudar a encontrar o melhor para você.

Muitas pessoas hoje, não possuem um plano de saúde justamente por acharem que não tem condições de arcar com o investimento. Mas vale ressaltar que com uma boa orientação, planejamento e vendo a melhor opção para seu perfil, é possível SIM você investir em um bom plano de saúde que se adequa nas suas condições.

Assim sendo, vamos te dar neste artigo, todas as orientações referentes ao assunto, vamos pontuar quais aspectos são relevantes na hora de escolher o melhor plano para você.

Portanto, se você está pensando em contratar um plano de saúde e ainda tem dúvidas sobre como escolher a melhor opção, continue a leitura deste artigo.

Plano de Saúde
Fonte: Google

Primeiramente, para te orientarmos melhor, vamos pontuar os principais tipos de planos, vamos conferir?

Conheça os principais tipos de planos:

Antes de falarmos sobre as dicas essenciais para escolher qual é o melhor plano, vamos entender melhor quais são e como funcionam os mais conhecidos tipos de planos de saúde disponíveis no mercado, são eles: ambulatorial, hospitalar (com ou sem obstetrícias) e referência.

  • Ambulatorial: cobertura de exames, consultas médicas e terapias;
  • Hospitalar (com ou sem obstetrícia): cobertura de internação hospitalar com ou sem cobertura para parto;
  • Referência: cobertura médico, ambulatorial e hospitalar com obstetrícia;
  • Odontológico: cobertura exclusiva de atendimento odontológico.

Além de analisarmos o tipo de plano que iremos contratar, é muito importante que também saibamos os tipos de contratos que existem para adesão do investimento:

Os principais tipos de contrato  conhecidos são os planos de saúde individual ou familiar e os planos de saúde coletivo empresarial ou coletivo por adesão, veja abaixo:

  • Plano de saúde individual ou familiar: o plano individual ou familiar é aquele assinado entre uma operadora de planos de saúde e uma pessoa física; a assistência é prestada ao titular e/ou seu grupo familiar;
  • Plano de saúde empresarial ou coletivo por adesão: já o plano de saúde empresarial ou coletivo por adesão, por sua vez, é aquele assinado entre a operadora e uma pessoa jurídica, que oferece à população delimitada e a ela vinculada, extensível ao seu grupo familiar.

O plano individual ou familiar tem o reajuste anual regulado pela ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar). Significa dizer que, no plano individual ou familiar, o seu reajuste anual será de, em média, 1/3 ou metade do que você pagará no reajuste do plano coletivo por adesão.

Além da segurança relacionada ao reajuste anual, existe outro aspecto que torna os contratos individuais ou familiares mais vantajosos: o contrato apenas poderá ser cancelado em casos de fraude ou inadimplência maior que 60 dias.

Portanto, se você não fraudar o plano ou se você não ficar inadimplente em mais de 60 dias esse contrato individual ou familiar não pode ser cancelado, ok?

Já nos planos coletivos por adesão, vendidos por administradoras de benefício como a Qualicorp e a Allcare, por exemplo, o reajuste anual costuma ser muito alto, na média de 18 a 20% ao ano. Apesar do desgaste, saiba que esse tipo de reajuste abusivo no plano de saúde pode ser revisto em uma ação judicial.

Desta forma, independentemente de qual é a empresa que você vai contratar um plano de saúde, pense sempre em ter um plano individual ou familiar: essa é a melhor opção para você, quer seja porque esse contrato só pode ser cancelado em caso de fraude ou inadimplência, quer seja porque esse reajuste é muito menor do que o reajuste dos planos de saúde coletivos por adesão.

Plano de Saúde
Fonte: Google

Primeiro, achamos muito importante darmos algumas informações referentes a questão de contratação e outros aspectos mais burocráticos, como questões contratuais, por exemplo, vale a pena se inteirar nesses assuntos antes de fechar um contrato, não é mesmo? Agora, vamos te explicar os pontos mais relevantes sobre o que você deve levar em consideração na hora de escolher o melhor plano para você. Vamos ver?

QUERO SABER MAIS

Vanessa Gomes

por

Vanessa Gomes