Anúncios

Pedido de cartão de crédito reprovado | Entenda os motivos

Possuir um cartão de crédito pode facilitar a aquisição de bens e serviços, vamos te ajudar a ser aprovado na sua solicitação.

Anúncios

Teve pedido de cartão de crédito reprovado? Os cartões de crédito, apesar de serem encarados como vilões da saúde financeira, possuem mais benefícios do que pontos negativos – basta saber utilizá-lo.

Fonte: Google

Além de facilitar a vida no momento das compras, possibilitando o parcelamento; alguns cartões tem o sistema de pontos, que podem ser trocados por milhas aéreas ou abatidos na própria fatura. Mas nem todas as pessoas que solicitam o cartão tem o seu pedido aprovado.
E aí fica a dúvida: por que a solicitação não deu certo? Existe mais de um motivo que pode levar a administradora do cartão a rejeitar um pedido. E para te ajudar a entendê-los, a For Money criou este guia para explicar as causas do pedido de cartão de crédito reprovado. Confira!

Entendendo como a lógica da análise de crédito funciona

Se você tivesse uma boa grana guardada no banco, e um colega seu estivesse precisando de uma quantia emprestada, antes de decidir, o que você faria? Provavelmente você não entregaria o dinheiro sem avaliar previamente essa pessoa – nem que seja pegando o telefone e ligando para alguém que já emprestou dinheiro para ela ou um outro amigo em comum, para saber se ela é boa pagadora ou não.
O medo de levar calote também acontece com os bancos. É por isso que antes de aprovar um novo pedido de cartão, a administradora faz uma análise minuciosa no seu histórico de pagador e nas suas finanças, para conseguir traçar o seu perfil e determinar o grau de confiança que devem depositar em você.

Por que meu pedido de cartão de crédito foi reprovado?

Se o seu cartão não foi aprovado, nem sempre isso significa que o banco te ache “caloteiro” ou algo do tipo. Basicamente, a análise envolve a avaliação da documentação, renda e situação no SPC e Serasa. Para que você possa entender o porquê do seu pedido recusado, listamos abaixo os principais fatores que os bancos levam em conta no momento da aprovação da emissão do cartão de crédito. Veja:

Preenchimento de dados incorreto

Qualquer divergência no momento de informar os seus dados pessoais – principalmente se tratando da renda – pode afetar a aprovação do pedido. Sempre confira seus dados mais de uma vez.

Falta de documentos

Quando fizer a solicitação online de um cartão, ou no momento de levar seus documentos a agência, certifique-se de anexar os documentos e comprovantes de renda corretamente, enviando todas as cópias solicitadas.
No caso do pedido online, normalmente é necessário baixar o aplicativo do banco e fotografar seus documentos com a câmera do celular para enviar. Assegure-se de que as imagens estejam nítidas e as letras legíveis.

Inadimplência (nome sujo)

As pessoas com nome sujo em órgãos de proteção ao crédito, como o SPC e Serasa, tem maior dificuldade para conseguir a aprovação do cartão. Isso acontece porque o banco não quer correr o risco de ficar no prejuízo, já que o nome sujo do cliente demonstra que ele não honra suas dívidas. Se você possui dívidas, primeiro busque quitá-las antes de realizar outro pedido de cartão.

Histórico devedor

Algumas pessoas reclamam de estarem com o nome limpo, mas mesmo assim não conseguirem ter o cartão de crédito aprovado em nenhum banco.
O problema pode estar no histórico devedor, que não inspira confiança à instituição financeira. Nesse caso, o ideal é solicitar o cartão no banco em que você for correntista.
As chances da instituição da qual você é cliente te aprovar são maiores, já que ela conhece seu perfil, suas movimentações bancárias e histórico de pagamentos.

Valor da renda

Os bancos também exigem um valor mínimo de renda para a liberação do cartão. Na maioria dos casos, esse valor é igual ou superior a um salário mínimo (em cartões de crédito nacionais).

Score de crédito

O score de crédito é mensurado pelo SPC e Serasa. A pontuação varia de 0 a 1000, e demonstra o quão comprometido você é com os pagamentos (se paga em dia, se é inadimplente, entre outros detalhes). Quanto mais alto for o seu score, maiores as chances de você ser aprovado pela instituição financeira.

Falta ou poucos pagamentos no seu nome

Já recebemos comentários de várias pessoas falando “não tenho dívidas, mas não consigo o cartão”. Se com você também acontece isso, saiba que o problema pode ser justamente esse.
Não ter contas no seu nome – como, por exemplo, contas de energia, água e internet – dificulta para o banco conhecer você e a sua vida financeira. Então, resolva isso passando algumas contas da casa para o seu nome.

Por Rafael Mansberger – Especialista em crédito – @rafaelmansberger – E-mail: [email protected]

claytonferreira

por

claytonferreira