Publicidade

Empréstimo Pessoal: Como solicitar ainda hoje!

Suas contas estão próximas do vermelho e precisam de uma ajuda para ganhar um fôlego? Se esse for o seu caso, o empréstimo pessoal pode ser uma excelente alternativa

Por:

Publicidade

Seja para se livrar de algumas dívidas, realizar um sonho de consumo ou até mesmo retomar o controle das próprias finanças, muitas instituições financeiras e bancos comercializam crédito para pessoas físicas.

Alguns deles são tentadores, mas é fundamental ponderar muito bem antes de assinar um contrato.

É justamente nisso que iremos ajudá-lo, a definir qual a melhor opção para você organizar sua vida financeira.

Fonte: Google

Afinal de contas, um grande montante de dinheiro agora representa muitos meses de dívidas depois.

Nesse sentido, vale a pena se inteirar do assunto e conhecer todos os detalhes sobre o empréstimo pessoal antes de adquirir o seu.

Além de definir o objetivo para o dinheiro que pegará emprestado, outro passo importante é refletir se o gasto é prioritário.

Muitas vezes, por falta de conhecimento ou, até mesmo, por ansiedade para fazer determinada compra, as pessoas recorrem ao empréstimo para algo que nem é tão importante para realizar suas metas e seus objetivos de vida.

Toda atenção, planejamento e organização são importantes na hora de adquirir um empréstimo pessoal.

Se esse é o seu objetivo, você veio ao lugar certo. Continue de olho nas dicas a seguir!

O que é um empréstimo pessoal?

O empréstimo pessoal é um tipo de crédito concedido por financeiras e instituições bancárias para pessoas físicas. Para tanto, é preciso ter um CPF ativo.

Ao contrário do que acontece em outros tipos de financiamento que precisam ter o uso do dinheiro previamente informado, como compra de veículo ou imóvel, por exemplo, o contratante do empréstimo pessoal tem liberdade de usar esse montante como bem entender.

Embora você não precise dizer como utilizará a verba, é preciso apresentar garantias de que você vai pagar por ela posteriormente.

Além disso, a instituição em questão também cobrará uma taxa de juros mensalmente sobre o valor, a qual não costuma ser baixa.

Diversos fatores podem interferir na quantidade de dinheiro liberada e nas formas de pagamento.

Por essa razão, é sempre importante realizar uma pesquisa de mercado para encontrar a oferta mais vantajosa e que apresenta a melhor relação de custo e benefícios.

Para que o crédito pessoal pode ser usado?

Como dito anteriormente, quem faz um empréstimo pessoal não precisa informar para que ele vai usar o dinheiro.

Isso abre inúmeras possibilidades de uso da verba, tais como:

  • Estudar: nem sempre os créditos educativos são acessíveis e fáceis de conseguir, mas você pode pagar pelos seus estudos com o empréstimo pessoal também. Aliás, esse é o melhor investimento que você pode fazer no seu futuro e enriquecimento enquanto pessoa;
  • Tirar férias: na rotina atribulada que vivemos hoje em dia, tirar férias e viajar não é um luxo, mas sim uma necessidade para a nossa saúde física e mental, embora as vezes seja necessário obter crédito para conseguir desfrutar dela;
  • Comemorações especiais: há quem não se importe em contrair uma dívida se ela puder contribuir com a realização de um sonho, como casamentos, festas de 15 anos e formaturas;
  • Fazer uma obra emergencial: imprevistos acontecem e, no caso de você não conseguir a liberação de um empréstimo para reforma e construção, o crédito pessoal pode ajudar;
  • Fazer tratamentos médicos: com a falta de investimentos do governo no sistema único de saúde e com as seguradoras de saúde tão burocráticas cobrando preços abusivos sem sequer incluir tratamentos básicos na cobertura, o empréstimo pessoal pode literalmente salvar a sua vida;
  • Quitar dívidas: algumas financiadoras e bancos oportunizam a concessão de empréstimo para negativados que querem limpar o nome na praça, é uma das opções que as pessoas que contratam o empréstimo mais usam.

Como o empréstimo pessoal funciona?

Cada instituição financeira tem regras próprias para viabilizar o empréstimo de dinheiro a pessoas físicas. No geral, essas instituições solicitam:

  • Documento de identidade;
  • Cadastro de Pessoa Física;
  • Comprovante de renda;
  • Comprovante de endereço.

Com esses itens em mãos, você pode negociar condições de pagamento e obrigações contratuais caso o crédito seja aprovado.

Essa análise costuma ser rápida e, quanto maiores as garantias de que você pagará pelo empréstimo, melhores as condições ofertadas.

Cuidados ao contratar crédito pessoal

Não se iluda acreditando que com o dinheiro do empréstimo pessoal em mãos você terá todos os seus problemas resolvidos.

Depois de garantir que tem um objetivo claro para o dinheiro do empréstimo, o próximo passo é fazer todos os cálculos necessários para analisar a sua capacidade de pagamento do valor. Comece por uma análise completa das suas finanças.

Coloque no papel suas receitas, despesas e, também, seus débitos em aberto e possíveis rendimentos.

É fundamental se planejar para que o pagamento dessa nova dívida não comprometa as suas finanças, saber exatamente os valores, as taxas e juros é muito importante, se ligue nas dicas que vamos te passar para que tudo ocorra da melhor maneira com sua solicitação:

  • Pague as parcelas devidas até o vencimento;
  • Antecipe parcelas, quando for possível, para diminuir os juros;
  • Liquide o empréstimo assim que conseguir dinheiro suficiente para isso;
  • Programe-se para conciliar o pagamento do empréstimo com outras despesas que você tem.

Com essas dicas, você já tem uma base sobre como contratar empréstimo pessoal e quais são os pontos mais importantes na hora da contratação. Até a próxima!

Recomenda

Últimas