Publicidade

Empréstimo para negativado | Não consultam SPC e Serasa

Você sabia que é possível solicitar empréstimo online para negativado? Nesse artigo, vamos te mostrar algumas opções que permitem que os negativados solicitem crédito! Acompanhe:

Por:

Fonte: Google
Publicidade

Empréstimo para negativado existe sim.

Quando já estamos com a corda no pescoço de dívidas ou surge um imprevisto que nos pega de surpresa, o empréstimo pode ser a única alternativa para sair do aperto e colocar a vida em ordem.

No entanto, quando você está negativado – ou seja, consta como inadimplente em órgãos de proteção ao crédito como o SPC e o Serasa -, justamente nessa situação solicitar empréstimo pode ser uma missão quase impossível, já que a maioria dos bancos e instituições financeiras não oferecem crédito a quem está com o nome sujo.

E aí, o que fazer? Calma que ainda tem solução.

Existem algumas opções que permitem que os negativados solicitem crédito – sem consulta aos birôs de crédito.

Ficou interessado? A For Money fez uma pesquisa e trouxe para você várias alternativas. Confira:

Empréstimo pessoal para negativados

Há várias empresas especializadas que fornecem empréstimo pessoal para quem está com restrições no nome.

Esse é o tipo de crédito com menos burocracia, pois não existe nenhuma finalidade pré-estabelecida e nem pré-requisitos para solicitá-lo.

Ou seja, você pode utilizá-lo para reformar sua casa, quitar uma dívida, fazer uma viagem, etc.

Apesar de existirem poucas instituições financeiras que oferecem empréstimo pessoal para quem está negativado, é possível encontrar bancos que oferecem essa possibilidade.

No entanto, ter o CPF incluído na lista do SPC ou Serasa faz com que a instituição entenda que o risco de inadimplência é maior, o que dificulta a aprovação – dependendo do valor solicitado – ou pode acabar elevando a taxa de juros.

Essas são algumas das empresas que oferecem empréstimos totalmente isentos de consulta aos órgãos de proteção ao crédito:

Empréstimo para negativado pela Caixa Econômica Federal

A Caixa é um dos principais bancos que possibilitam que pessoas com o nome inadimplente possa realizar um empréstimo.

Ela oferece várias opções para o solicitante, mas as principais modalidades sem consulta ao SPC e o Serasa são o penhor e a garantia.

Veja abaixo como cada um deles funciona.

O penhor, nada mais é, do que uma linha de crédito concedida pelo banco que, em troca, deve ter como garantia um ou mais bens seu como pagamento.

A principal vantagem desse tipo de empréstimo é a taxa de juros menor do que as outras opções, uma vez que em falta de pagamento o seu bem vai a leilão e a instituição fica com o dinheiro como forma de pagamento.

Vale lembrar que nesse tipo de empréstimo, a sua garantia (bem) volta para você no final – assim que quitar o contrato.

Os bens mais aceitos são automóveis, imóveis, jóias, relógios, diamantes e pratarias de valor.

  • Garantia do FGTS

O crédito com garantia do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) funciona de forma bem parecida com o Penhor da Caixa, só que ao invés de você deixar um bem material como garantia, nesse caso será o seu valor do FGTS.

Ou seja, se você não pagar, o banco usará esse valor para abater nas parcelas.

O ponto negativo dessa modalidade é que ele pode ser solicitado apenas por funcionários de empresas que possuem convênio com a Caixa.

Empréstimo consignado

Outra alternativa para quem está negativado é o empréstimo consignado.

Para conseguir solicitar esta modalidade, o solicitante precisa se enquadrar como aposentado, pensionista do INSS, servidor público ou ser funcionário de empresa conveniada com a instituição financeira.

Nesse tipo de empréstimo, o valor do pagamento é descontado mensalmente da folha de pagamento ou do benefício (no caso de aposentados ou pensionistas).

Exatamente por essa razão as taxas de juros, assim como a burocracia, são menores.

Cuidados antes de solicitar empréstimo para negativado

Se você está negativado e procura por um banco ou outra instituição financeira que conceda crédito para quem tem o nome sujo, é importante ter atenção em alguns detalhes para não entrar em negócios ruins.

  • Atenção com as taxas de juros e o CET

A taxa de juros e o CET (Custo Efetivo Total) apresentam todas as tarifas, taxas e encargos que serão cobrados assim que realizado o empréstimo.

Confira se a opção caberá no seu orçamento e se é uma saída viável para a sua situação atual.

  • Faça a cotação em várias instituições

Antes de assinar o contrato de empréstimo, vale a pena passar um tempo pesquisando e comparando o CET e as taxas de juros em várias instituições bancárias.

As condições que cada uma oferece, incluindo o número de parcelas, pode contar em peso na sua decisão.

  • Cuidado com golpes

Leu uma oferta de empréstimo para negativado com depósito antecipado? Fuja!

Infelizmente, o número de criminosos que se aproveitam da situação delicada de muitos brasileiros é cada vez maior.

Em um momento de desespero, somado com a falta de atenção ou informação, é fácil cair nessas armadilhas de golpistas e ficar com um prejuízo financeiro – e emocional – enormes.

Por isso, sempre busque uma instituição autorizada pelo Banco Central e certifique-se de que está falando diretamente com ela (e não com um possível golpista).

Cuidado com propostas tentadoras de dinheiro rápido, e mais cuidado ainda para aquelas que requerem depósito antecipado para que você possa receber o valor total do empréstimo.

Nesses casos, saiba que se trata de um golpe, pois nenhuma instituição faz esse tipo de requerimento.

Quando fizer a solicitação pela internet, tenha certeza de que está no portal oficial da empresa.

E se estiver na dúvida, entre em contato com o número de telefone ou vá até a agência presencial disponibilizado pelo site.

Tem alguma dúvida sobre empréstimo para negativado? Deixe seu comentário!

Por Rafael Mansberger – Especialista em crédito – @rafaelmansberger – E-mail: [email protected]

Recomenda

Últimas