Anúncios

Diferenciando sonhos de metas para alcançar seus objetivos

Nesse artigo, você irá aprender a necessidade de diferenciar sonhos, objetivos e metas e alcançá-los!

Você sabe qual a diferença entre sonhos e metas? Saber o que cada um significa te ajuda a dar os primeiros passos para concretizar os seus objetivos.

Fonte: Google

Todas as pessoas têm seus próprios sonhos. Enquanto alguns sonham em sair do aluguel, outras desejam trocar de carro ou viajar, por exemplo.
Independentemente de qual seja o objetivo de cada um, todos esses sonhos são alcançáveis, e são as metas, que tornam eles possíveis. Para te ajudar a deixar os seus sonhos cada vez mais reais, a For Money preparou algumas dicas para você. Veja só:

Transforme seus sonhos em metas realísticas

Os sonhos, ou os seus objetivos, é tudo aquilo que você desenhou na sua cabeça: um carro novo, um apê lindíssimo, uma carteira de investimentos com fundos rentáveis.
Já as metas são as etapas que fazem o seu sonho virar realidade. É a quantia de dinheiro que precisa ser poupada para dar de entrada na casa…. É a simulação das parcelas que você terá que arcar mensalmente… Basicamente, cada meta cumprida te deixa mais próximo de concretizar o seu sonho.
É como emagrecer. O sonho/objetivo da pessoa pode até ser perder 20kg, mas o objetivo se torna alcançável se ela define e cumpre metas reais e coloca um prazo para cada uma. Por exemplo, emagrecer 0,5kg por semana.

Liste seus objetivos por ordem de importância

Este passo serve para priorizar os seus objetivos e as suas necessidades.
Dificilmente uma pessoa tem apenas um sonho na vida. Ela pode querer retomar os seus estudos, começar a construir uma casa, casar em breve… Quando há muitos objetivos competindo por atenção, é importante sentar e definir o que é mais importante, ou extremamente necessário, para você no momento.
Mescle os objetivos mais difíceis, que precisam de investimentos (tanto de dinheiro quanto de tempo) maiores; com os seus sonhos simples, que precisam de pouco planejamento para serem executados.

Determine prazos para cada meta

Existem três tipos principais de prazos para metas: de curto, médio e longo prazo.
As metas de longo prazo são aquelas que dependem de um período maior de tempo para que você possa se planejar e guardar dinheiro. Pode ser adquirir um imóvel, guardar dinheiro para a faculdade dos filhos, montar a sua aposentadoria.
A meta de médio prazo normalmente pode ser realizada em um prazo de 2 a 5 anos. Ela também exige disciplina da sua parte, e também dos familiares envolvidos, na hora de equilibrar as finanças para que ela possa ser cumprida. Dar uma entrada em um carro novo, fazer uma viagem internacional, casar… Esses são alguns exemplos desse tipo de meta.
Já as de curto prazo são mais fáceis de serem executadas, e conseguem ser feitas em até um ano. É importante que você, após listar seus objetivos, dívida as metas por prazos. Dessa forma, você também consegue planejar a quantidade que precisa economizar para cumprir cada uma delas.

Nada de criar metas impossíveis

Se uma pessoa não consegue poupar nem 10% da sua renda mensal e colocou como meta ter casa própria no próximo ano, ela, no mínimo, está sonhando bem alto – contando que a sorte da loteria a abençoe. Metas como essa, totalmente irreais, apenas colocam a pessoa para baixo, deixando-a frustrada cada vez que “fracassar”.
Para alcançar um objetivo, é importante criar metas reais, com prazos decentes e que levem em conta a sua condição financeira atual. Bole um plano que te deixe mais próximo do seu objetivo.
Analise o seu orçamento, quanto pode reservar para a sua meta, controle os gastos, diminua os excessos desnecessários e se mantenha focado!

Por Rafael Mansberger – Especialista em crédito – @rafaelmansberger – E-mail: [email protected]

claytonferreira

por

claytonferreira