Publicidade

CRA: Descubra o que é e como investir

Por:

CRA
Fonte: Google
Publicidade

Se você está pesquisando uma opção de investimento com boa rentabilidade e isento de Imposto de Renda você precisa conhecer o CRA, ou Certificado de Recebíveis do Agronegócio.

Uma alternativa de investimento para diversificar a sua carteira de investimento com renda fixa e com características bem atrativas.

Vamos conhecer um pouco sobre como funciona o CRA e como você pode começar a investir?

É normal que você não conheça ou tenha dúvidas quanto ao investimento por meio do CRA.

O Certificado de Recebíveis do Agronegócio foi uma forma de investir que cresceu bastante por volta de 2016, mas que atualmente, apesar de ter uma rentabilidade bem atrativa e com baixo risco, já não é mais tão habitual.

O que é CRA, ou Certificado de Recebíveis do Agronegócio?

O Certificado de Recebíveis do Agronegócio se faz bem similar a Letra de Crédito do Agronegócio, o LCA. A principal diferença aqui é quanto ao seu emissor.

No caso da LCA a emissão e administração dos títulos está na responsabilidade dos bancos.

O CRA tem como emissor e administrador de seus títulos empresas securitizadoras.

As empresas securitizadoras são aquelas que convertem dívidas em títulos lastreáveis. Calma, que eu vou te explicar tudo. Ao menos os pontos mais importantes para você como investidor.

O CRA assim como a Letra de Crédito do Agronegócio tem o objetivo de financiar o agronegócio e pode envolver diversas etapas relacionadas a sua estrutura, por exemplo, a produção e a comercialização.

Embora represente apenas um pedaço significativamente pequeno quanto ao bolo de investimentos de renda fixa, o CRA tem sido uma das alternativas que mais cresce atualmente.

Como mencionei no início é um investimento isento de Imposto de Renda para pessoa física.

O Governo busca incentivar iniciativas que fomentem o agronegócio uma vez que o mesmo é uma das mais importantes fontes de riqueza do país.

Todavia não se faz possível garantir que a isenção para pessoa física será algo permanente.

Por que o CRA é vantajoso?

Se você está se perguntando porque o Certificado de Recebíveis do Agronegócio acaba sendo uma opção tão interessante é simples.

Além da isenção do Imposto de Renda, o CRA não tem o chamado Fundo Garantidor de Crédito, o FGC, e a segurança do investimento está diretamente relacionada com a saúde da empresa que o administra.

De modo geral isso leva o seu emissor a ofertar maior rentabilidade ao investidor para cobrir o risco ao qual ele está exposto.

Essa também é uma diferença em relação a LCA, uma vez que essa opção de investimento possui a garantia do FGC.

Facilmente o investimento em CRA pode ofertar aos seus investidores mais de 100% do CDI, o Certificado de Depósito Interbancário.

Entendendo a dinâmica das empresas securitizadora

Falei um pouco sobre as empresas securitizadora e adiantei que adentraríamos mais no assunto abaixo.

As empresas securitizadoras realizam a troca da dívida por títulos.

De maneira simplista essas empresas adquirem o crédito do empresário.

Esse pode ser, nesse caso, produtores rurais ou outros agentes relacionados ao agronegócio e viabiliza o seu recebível para a credora.

A empresa securitiza a operação e a disponibiliza no mercado para os investidores que podem adquirir esses títulos.

Vale destacar que a operação de CRA é recente no Brasil.

Tendo sido realizada pela primeira vez em 2009.

O que eu preciso considerar?

Se você está pensando seriamente em investir no Certificado de Recebíveis do Agronegócio é necessário se atentar quanto a um fator muito importante.

Apesar da boa rentabilidade, esse investimento tem baixa liquidez.

Ou seja, não pode rapidamente ser convertido em recurso caso o investidor tenha alguma urgência.

Alguns investimentos com CRA podem ter prazo de vencimento (ou seja, prazo para resgate) de quatro anos.

Em outras palavras, pode ser uma excelente alternativa para diversificar a sua carteira de investimento, mas é preciso que você saiba se ele se adéqua as suas necessidades e aos seus objetivos como investidor.

Como funciona a CRA?

Como vimos, nesse tipo de investimento não temos nenhuma participação dos bancos.

Assim sendo é preciso conhecermos exatamente como a aplicação funciona.

Para assim, evitar sermos pegos desprevenidos quanto algumas das características do CRA.

Inicialmente é muito similar a outros títulos, o investidor escolhe o vencimento, o risco e igualmente a expectativa de retorno.

Realiza o aporte de investimento e com isso compra os seus títulos.

Vamos ver um exemplo na prática de título do Certificado de Recebíveis do Agronegócio?

Suponhamos que Seu Jorge precise de uma máquina para melhorar a ordena das vacas que atualmente é feito manualmente.

Essa máquina vai melhorar a produção de leite e igualmente a lucratividade de Seu Jorge.

Seu Jorge procura uma instituição e obtém um empréstimo para comprar a sua máquina.

Essa instituição logo faz a venda dessa dívida para uma securitizadora que emite os títulos de CRA e disponibiliza para investidores adquirirem.

Com essa venda dos títulos a securitizadora também tem de volta o valor pago a instituição inicial que de fato forneceu o crédito ao seu Jorge e conforme ele vai pagando mensalmente a securitizadora ela repassa os juros aos investidores.

Quer saber mais sobre outros tipos de investimentos?

Preparamos um guia COMPLETO para te auxiliar! Veja aqui!

CLIQUE AQUI!

Recomenda

Últimas