Anúncios

Personal trainer Ana Claudia Valnerate salva o filho de 4 anos em crise convulsiva com apenas 14,90.

“Me deu um desespero tão grande que não sabia o que fazer, olhava meu filho no banco de traz e pensava no pior”

Anúncios

Quem é pai ou mãe sabe que não existe absolutamente nada que você não faça para proteger seus filhos, “matamos um leão” com as próprias mãos para defende-los. Hoje vamos contar como a personal trainner Ana Claudia passou por um episódio tenso, e como conseguiu se salvar graças a um “seguro” de apenas R$ 14,90.

Fonte: Envato

“Era mais ou menos duas horas da manhã e eu estava revisando minha monografia da apresentação do mestrado de mobilidade de quadril que eu apresentaria na semana em alguns dias. Estávamos em casa, apenas eu e o meu filho de 4 anos Carlos Augusto que dormia no quarto dele.

Quando fui fazer um café, escutei um barulho muito forte vindo do quarto dele, na hora pensei que ele pudesse ter caído da cama. Conforme eu corria até o quarto para ver o que tinha acontecido, percebia que o barulho mudava parecendo pequenas marteladas no chão.

Quando abri a porta do quarto do meu filho, vi uma das cenas mais terríveis da minha vida. Carlos Augusto tinha caído da cama e estava em uma crise convulsiva e os barulho parecidos com pequenas marteladas, eram da cabeça dele batendo no chão durante a convulsão.

Fonte: Envato

Espero que nenhum pai ou mãe que esteja lendo esse texto passe pelo que passei. O rosto do meu filho estava todo torto, gemia muito, salivava e os olhos estavam virados bem típico de convulsão. O pior de tudo é que eu não sabia se gritava pedindo ajuda, se socorria meu filho, eu estava completamente perdida.

Tentei pega-lo no colo mas não consegui, apesar de ter apensa 4 anos, a contração muscular da convulsão fez com que o corpo ficasse ruim de carregar. Todo esse pesadelo durou alguns minutos que pareciam anos.

Quando a “tremedeira” parou, consegui pegar o “Gugu” no colo e imediatamente me dirigi ao carro, coloquei ele deitado no banco traseiro, só pensava em leva-lo para o hospital.
Era madrugada, e estávamos a mais ou menos uns doze quilômetros do hospital mais próximo, que de carro não demoraria mais do que quinze minutos no máximo.

Uns três ou quatro quilômetros depois de sair de casa, meu carro parou. Literalmente apagou. Eu tinha trocado de carro a uns quarenta e cinco dias, tinha pego um Peugeot 206, ano 2016. Tinha trocado justamente para não ter esse tipo de problema.

Na hora fiquei desesperada, não conseguia pensar em nada, só  tinha em mente que precisava chegar ao hospital o mais rápido que eu pudesse. Nessa altura, já eram quase três horas da manhã, e o Gugu já estava recuperando a consciência no banco de trás do carro que por causa da pane elétrica, estava parado no acostamento.

Eu chamava meu filho pelo nome pra verificar o quão consciente ele estava, mas devido a convulsão ele parecia estar num estado de sonolência, ainda meio “fora do ar”.

Liguei para o SAMU, passei minha localização e fiquei numa espera angustiante. Logo que desliguei o telefone, lembrei que tinha contratado um serviço de seguro pro meu carro, que cobria panes de motor, pane elétrica essas coisas. Tinha contratado e uns trinta dias e paguei super baratinho, nunca imaginando que fosse precisar numa situação tão difícil como aquela.

Liguei para o seguro e também dei minha localização. O intervalo entre a ligação pro SAMU, e a ligação para o seguro não foram dois minutos. Apoiando a cabeça do Gugu, sentei no banco traseiro e comecei a rezar.

  CONTRATE AGORA O SEGURO DA ANA

Pra minha surpresa, o seguro chegou primeiro que a ambulância do SAMU. Acho que não foram mais de cinco ou sete minutos. Quem me atendeu foi o senhor João Carlos que percebeu logo minha aflição e tentou me acalmar.

Percebendo a gravidade da situação, ele se propôs a levar eu e meu filho ao hospital e só posteriormente ver os procedimentos do carro. Pensei na hora, “meu Deus contratei um seguro pro meu carro que chegou primeiro que a ambulância, e que está salvando de certa forma a vida do meu filho”.

Demos entrada no hospital e o Gugu foi encaminhado direto a emergência e atendido pela pediatra de plantão. Depois de muitos exames e tempo em observação, graças a Deus e ao João Carlos que me atendeu prontamente naquela madrugada a convulsão do meu filho não passou só de um susto. A pediatra disse que apesar das convulsões provocarem cenas muito chocantes, geralmente ficam apenas no susto.”

Fonte: Acervo Ana Claudia

O seguro que salvou a Ana Claudia no texto que você acabou de ler é o UOL RESOLVE. Pesquisamos sobre os benefícios desse seguro e trouxemos um resumo nesse artigo. Extremamente simples de contratar, muito barato e com muitos serviços que podem salvar você e seus filhos em situações difíceis.

Com apenas 14,90 você tem todas essas coberturas:

– Assistência Residencial;
– Assistência Veicular (auto e moto);
– Orientação Nutricional;
– Personal Fitness;
– Serviço Funerário Familiar;
– UOL Conteúdo.

Veja o que mais está incluído no seguro multifuncional UOL RESOLVE:

→ Reboque

– Acidente de carro ou moto;
– Incêndios;
– Panes;
– Falhas mecânicas.

→ Pneus 

– Troca de pneus avariados.

→ Pane

– Auto socorro após pane;
– Reboque após pane seca.

→ Chaveiro

– Troca de chave quebrada;
– Troca de chave esquecida no interior do veículo;
– Quebra na ignição, fechadura ou na tranca de direção.

→ Transporte alternativo

– Acidentes em transportes;
– Incêndios;
– Panes.

→ Serviços de chaveiro

– Quebra de chaves na fechadura;
– Arrombamento;
– Roubo e furto;
– Perda.

Fonte: Envato

→ Manutenção hidráulica

– Conserto de vazamento de água em geral: torneiras, sifões, chuveiros, válvulas de descarga, registro;
– Pia entupida, vaso sanitário entupido e demais problemas em ramais internos;
– Serviços de vidraceiro;
– Conserto de vidro quebrado;
– Conserto de vidro trincado.

→ Eletricista

– Tomadas queimadas;
– Interruptores defeituosos;
– Lâmpadas ou reatores queimados;
– Disjuntores e fusíveis danificados;
– Troca de chuveiros, resistências ou torneiras elétricas (não blindados).

→ Serviço funerário

– Suporte à família e acionamento da funerária mais próxima, para que seja providenciado tudo que for necessário para a realização do funeral.

→ Transporte de familiar

– Em caso de falecimento fora do município de residência, será disponibilizado meio de transporte ou hospedagem em hotel ao membro da família para a liberação do corpo.

→ Cremação

– Traslado do corpo da cidade onde ocorrer o óbito até a cidade mais próxima onde há serviço de cremação, e o posterior retorno das cinzas aos familiares.

→ Sepultamento

– Sepultamento do corpo em jazigo da família, em cemitério municipal, na cidade indicada por esta.

→ Traslado

– Traslado da cidade onde ocorrer o óbito até o local de domicílio do usuário ou local de sepultamento, conforme designado pela família.

→ Funeral

– Higienização básica e ornamentação do corpo com flores da estação;
– Locação de sala para velório em capelas municipais ou particulares;
– Taxas de sepultamento em cemitério municipal ou em outro cemitério;
– Locação de jazigo por 3 anos em cemitério municipal ou em outro cemitério com valor equivalente;
– Carro fúnebre para remoção dentro do município;
– Coroa de flores da estação;
– Livro de presença;
– Paramentos e velas;
– Registro em cartório.

QUERO CONTRATAR AGORA

Vanessa Gomes

por

Vanessa Gomes