Publicidade

Precisa de dinheiro para o seu negócio? Saiba como funciona o financiamento para micro e pequenas empresas

O financiamento para micro e pequena empresas podem ser uma boa alternativa para muitos empreendedores. Entenda como funciona:

Por:

Publicidade

Fonte: Google

Nem sempre a abertura de uma empresa sai como o planejado, e o orçamento apertado costuma ser o principal problema dos novos empreendedores.

Buscar melhorias no próprio negócio, investir recursos em marketing e aumentar o estoque, além de manter a empresa funcionando, são maneiras de aumentar a captação de um número maior de clientes.

No entanto, antes de pegar um empréstimo, é necessário entender como funcionam os financiamentos para esse grupo específico, as taxas de juros e as modalidades de crédito, para que o empresário entenda os riscos e a viabilidade do empréstimo.

Como funcionam os juros de financiamentos para micro e pequenas empresas?

O primeiro detalhe que o empresário precisa analisar antes de contratar um financiamento é a taxa de juros.

Essa taxa é o pagamento que o cliente paga à instituição financeira que concedeu o crédito, sendo que esse valor pode ser menor ou maior dependendo do banco escolhido.

Existem, no mercado financeiro, três tipos de taxas de juros: a taxa nominal, a taxa efetiva e a taxa real.

Aconselhamos que o empresário tenha ciência de cada uma dessas taxas, especialmente a efetiva, para que possa calcular qual será o valor total das parcelas e se ele conseguirá arcar com o compromisso, sem correr o risco de inadimplência.

Quais as opções de financiamento para micro e pequenas empresas?

Antes de solicitar um financiamento na primeira instituição financeira que aparecer na sua frente, é fundamental analisar as opções do mercado, conversar com os gerentes do banco e pesquisar as taxas de juros praticadas por cada uma.

Essa etapa pode garantir a saúde financeira do seu negócio, evitando juros abusivos que podem se tornar uma bola de neve em caso de imprevistos.

Atualmente, existem várias modalidades de empréstimos para que você possa organizar as finanças do seu negócio e ter um capital de giro, como o cheque especial, conta garantida e as linhas de crédito oferecidas pelos bancos.

A maioria dos financiamentos concedidos pelas instituições financeiras permitem o uso dos recursos para as mais variadas finalidades, como a reforma ou melhorias no estabelecimento comercial, compra de veículos para uso da empresa, compra de equipamentos, aquisição de um imóvel, para servir de capital de giro, para a divulgação do negócio e/ou para expandir a produção ou o estoque.

Na internet, você pode simular o empréstimo e ver as modalidades que mais se encaixam para o seu objetivo e bolso.

E lembre-se de levar em consideração que quanto menor for o prazo do empréstimo, menores serão as taxas de juros.

Por Rafael Mansberger – Especialista em crédito – @rafaelmansberger – E-mail: [email protected]

Recomenda

Últimas