Publicidade

Poupança: ainda vale a pena deixar o dinheiro lá?

Por:

poupança
Fonte: Google
Publicidade

A poupança é um dos investimentos mais populares entres os brasileiros e ela nem mesmo é tida como um investimento pela maioria das pessoas.

Isso acontece porque quando abrimos a nossa conta corrente muitas instituições acabam abrindo a poupança conjuntamente, sem que haja a expressa solicitação e podemos com isso destinar o dinheiro que queremos guardar para lá.

Mas sim a poupança é um tipo de investimento.

Inclusive é tido como um dos mais seguros. De modo geral, será que vale a pena?

A poupança é a preferida dos brasileiros por uma série de fatores dentre eles a facilidade para investir (basta apenas fazer um depósito), a facilidade para resgatar o dinheiro investido, não há cobrança de imposto de renda sobre o rendimento do seu investimento.

Para determinarmos se a poupança vale a pena ou não precisamos falar da poupança rendimento. O rendimento da poupança tem fama de ser baixo. Será?

Poupança rendimento: quanto o meu dinheiro vai render?

O rendimento da poupança está atrelado a uma regra do governo em que o dinheiro investido por meio da caderneta de poupança rende setenta por cento da taxa Selic para o período. Setenta por cento da taxa Selic acrescida da Taxa Referencial (TR).

A taxa Selic corresponde a taxa básica de juros da nossa economia. Isso mesmo, nada mais nada menos.

É por meio dela que o governo controla e inflação e estimula a economia.

É a taxa básica de juros, a Selic, que serve de referencial para a definição da taxa de juros cobrada por qualquer serviço financeiro, como empréstimos e financiamento.

O rendimento desse investimento, como comentei acima é de setenta por cento do valor da taxa básica de juros mais a Taxa Referencial.

A taxa Selic definida pelo Copom (Comitê de Política Monetária) em agosto deste ano e que está vigente é de dois por cento.

Setenta por cento de seu valor corresponde a 1,4% e a TR está em zero. Assim sendo a rentabilidade dos seus investimentos na caderneta de poupança será de 1,4% ao ano.

SAIBA MAIS!

Entendendo o poder da inflação sobre os seus rendimentos

Hoje podemos concluir que a poupança não é um investimento rentável.

Isso porque segundo definição do próprio Copom a inflação no país ficará em torno de quarto por cento com possibilidade de variação de um e meio por cento.

Ou seja, a inflação pode ficar em dois e meio por cento a até cinco e meio por cento segundo projeções do comitê.

O rendimento da poupança, como vimos, vai ficar bem abaixo disso o que faz com que progressivamente o dinheiro perca o seu valor.

Você já deve ter percebido que cinquenta reais antigamente tinha um poder de compra muito maior do que agora.

Por exemplo, atualmente, com cinquenta reais conseguimos comprar dois pacotes de arroz de cinco quilos na melhor das hipóteses.

Antes era possível fazer uma compra muito mais significativa com o mesmo dinheiro.

Essa desvalorização se dá sobretudo pela inflação que acaba consumindo o poder de compra do dinheiro.

Com esse rendimento previsto para esse ano, a poupança acaba não apresentando o chamado ganho real, uma vez que o seu rendimento está abaixo da inflação.

Para ter ganho real seria necessário que o dinheiro investido rendesse qualquer valor acima do índice inflacionário estimado para o período.

Desvantagens da poupança

Além de não apresentar ganhos reais para seus investidores, há ainda algumas desvantagens no investimento através da caderneta de poupança.

Uma das principais desvantagens da poupança é quanto ao rendimento no aniversário de investimento.

Por exemplo, o rendimento da poupança mensal, ou seja, os juros mensais da poupança, que hoje está em torno de 0,11% ao mês, só é repassado ao seu investidor a cada mês completo do investimento. Em outras palavras, você só recebe no dia de aniversário do seu investimento. Veja bem, se você começou a investir na poupança no dia cinco, os rendimentos só serão acrescidos a sua conta todo dia cinco de cada mês.

Se você precisar tirar o dinheiro no dia quatro, por exemplo, teremos um problema. O rendimento mensal, deste mês, estará perdido.

Você não recebe um percentual em relação ao tempo transcorrido.

Quanto a segurança…

De fato, muito se fala sobre a rentabilidade desse tipo de investimento.

Todavia, o assunto segurança do investimento tem suas controversas.

Fato é que o investimento por meio da poupança, diferente do que a maioria das pessoas acreditam, deixa a desejar.

Ela não é o investimento mais seguro do país.

A poupança está atrelada a saúde financeira do banco no qual o investimento está e igualmente a saúde do fundo garantidor de crédito, o que não faz do investimento o mais seguro.

Inclusive, há inúmeras opções de investimentos igualmente seguros e mais rentáveis do que a poupança para você investidor.

Dentre ele temos o Tesouro Selic e os Certificados de Depósito Bancário, ou CDB’s.

Veja as várias outras opções de investimentos a seguir.

VEJA AQUI!

Recomenda

Últimas