Anúncios

IMPORTANTE: Receita Federal irá cancelar 1 milhão de CPFs. Veja se o seu está na lista.

Descubra se seu CPF está para ser cancelado e o que fazer para resolver.

A Receita Federal começou uma operação de integridade e apurações de fraudes no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) que pode cancelar mais de 1 milhão de documentos.

Fonte: Google

O objetivo da operação é atualizar a base de dados para suspender o CPF de pessoas que já morreram e ainda estariam com o documento válido.

O processo acontece por processos. No primeiro lote, devem ser suspensos cerca de 100 mil documentos e assim por diante, até que sejam revisados 1.007.965 CPFs mais precisamente.

A suspensão da documentação de pessoas que já vieram a óbito acontece para evitar que outras pessooas comentam crimes tributários com esses documentos.

A Receita Federal recomenda que casos de contestação da suspensão indevida ou regularização da situação do CPF sejam feitos através do próprio site deles, principalmente por segurança em relação a pandemia.

Como consultar a situação do CPF

Para consultar a situação do seu CPF, devem ser realizadas as seguintes etapas:

  • Abrir o site da Receita Federal;
  • Clicar em “CPF” no centro da página;
  • Selecionar o item “Comprovante de Situação Cadastral no CPF”;
  • Preencher o formulário com os dados solicitados;
  • Clicar no botão “Consultar”.

Para realizar atualização do CPF

Já para atualizar o dados cadastrais do documento, deve-se:

  • Abrir o site da Receita Federal;
  • Clicar em “CPF” no centro da página;
  • Selecionar o botão “Alterar Cadastro CPF”;
  • Acessar o link disponível no fim da página;
  • Preencher o formulário com os dados pessoais solicitados;
  • Clicar no botão “Enviar”;
  • Digitar o código que aparece na imagem e clicar em “Ok”.

Para CPFs suspensos

No caso da pessoa que teve o CPF suspenso irregularmente, as instruções são parecidas com as indicadas acima:

  • Abrir o site da Receita Federal;
  • Clicar em “CPF” no centro da página;
  • Selecionar o botão “Regularizar cadastro CPF”;
  • Acessar o link disponível no fim da página;
  • Preencher o formulário com os dados pessoais solicitados;
  • Clicar no botão “Enviar”.

→ LEIA TAMBÉM: Veja as datas para pagamento da 6ª parcela do Auxílio Emergencial.

 

 

Vanessa Gomes

por

Vanessa Gomes