Publicidade

Financiar imóvel: o que é preciso considerar?

Você sabe como funciona o financiamento de um imóvel na prática? Vamos te contar tudo aqui, acompanhe:

Por:

Publicidade

financiar imóvel

Quando converso com alguns amigos sobre o sonho da casa própria há uma unanimidade em atestar que o financiamento imobiliário é a melhor forma de tirar o sonho do papel.

Mas nem todos sabem como financiar imóvel.

Com base nisso, resolvi trazer um passo a passo de como financiar imóvel e finalmente conquistar a sua independência.

Financiar imóvel é comprar com recurso de terceiros

Você sabe na prática como funciona o financiamento de um imóvel?

O financiamento consiste na compra de um imóvel ou bem com recursos de terceiros.

Nesse caso o recurso é do banco que realiza o pagamento a vista enquanto você o reembolsa mensalmente com parcelas que cabem no seu bolso.

As parcelas do financiamento correspondem ao valor financiado dividido pelo tempo de parcelamento, acrescido das taxas de juros cobradas e do valor do seguro.

A compra de imóveis está associada intimamente a contratação de dois seguros.

São eles: o Morte e Invalidez Permanente, conhecido como MIP e Danos Físicos ao Imóvel, abreviadamente DFI.

Agora que você já sabe como funciona basicamente o financiamento de imóveis vamos ver como você pode solicitar o seu.

Como financiar um imóvel?

Para solicitar um imóvel, o primeiro passo é escolhê-lo.

Você pode escolher tanto um imóvel novo, quanto usado e na planta.

Não importa o imóvel escolhido, apenas que seja possível de ser financiado.

Alguns bancos exigem um valor mínimo para que imóvel possa ser financiado, mas não vamos pensar nisso nesse primeiro momento.

Ao escolher o imóvel é hora de começar as simulações nas instituições que mais te chamaram atenção.

São muitos os bancos que atualmente oferecem o financiamento de imóvel e por isso cada um deles apresenta características diferentes com o objetivo de se destacarem em meio à concorrência que é cada vez mais acirrada.

Para o comprador essa disputa de mercado garante as melhores condições de compra.

Se você está pensando no que considerar para escolher a melhor instituição para você, já vou logo responder essa questão.

Mas depois de escolhida a instituição onde realizará o financiamento você deve fazer a apresentação de sua documentação.

Essa apresentação em algumas instituições pode ser feita pela internet, em outras é preciso que você encontre o gerente da instituição ou os correspondentes bancários para que eles analisem os documentos fornecidos.

Após a apresentação dos documentos há a análise de crédito.

Na análise de crédito é avaliado o seu histórico de crédito, se você está negativado assim como se há registro nos órgãos de proteção ao crédito.

Com a avaliação de crédito é feito uma avaliação do imóvel

Nessa etapa a instituição responsável vai avaliar a estrutura física do empreendimento, assim como a estrutura elétrica e hidráulica.

Caso o banco não considere que o imóvel possa ser financiado o financiamento será automaticamente recusado.

Se o imóvel for aprovado, é hora de assinar o contrato

Com a assinatura do contrato ele deve ser registrado no cartório para ter valor legal e deve ser feito o pagamento do Imposto sobre a Transmissão de Bens Imóveis, o ITBI, que é recolhido pela prefeitura do município em que o imóvel está localizado.

O valor pode variar de acordo com a localização do seu imóvel.

Agora que você já sabe o passo a passo de como financiar um imóvel vamos ver o que você deve considerar antes de escolher um banco?

O que considerar ao financiar um imóvel?

Muitos clientes consideram apenas a taxa de juros cobrada pela instituição ao avaliar qual a melhor opção.

Mas, embora seja importante sim, a taxa de juros não deve ser o único fator considerado por você para determinar qual a melhor alternativa para você.

Além da taxa de juros cobrada é preciso que você avalie os pré-requisitos que cada instituição solicita para a contratação do financiamento tão como o valor final da operação, o chamado Custo Efetivo Total, CET.

Alguns clientes avaliam apenas a taxa de juros e consequentemente o valor final a ser pago, mas alguns bancos conseguem apresentar uma boa taxa de juros e com isso uma boa parcela, mas elevam o valor do seguro associado à compra, o que acaba deixando o financiamento mais caro no final das contas.

Se você vai comparar instituições diferentes use os mesmos parâmetros, ou seja, avalie as mesmas características em diferentes instituições.

Bons parâmetros avaliam, por exemplo, qual banco consegue financiar um valor maior, quais as taxas cobradas, qual o tempo máximo para a quitação do financiamento, dentre outras coisas.

Algumas instituições apresentam a possibilidade de um financiamento com parcelas fixas e outras atualizáveis.

Tenha em mente qual melhor se encaixa a sua condição financeira.

Parcelas fixas são indicadas para pessoas que já atingiram estabilidade financeira e sabem que podem arcar com o valor das mensalidades.

Parcelas atualizáveis são recomendadas para profissionais em início de carreira e são parcelas que diminuem ao longo do tempo.

Gostou de saber mais sobre como financiar imóvel?

Então não deixe de acompanhar os demais artigos do blog, tenho muitas outras novidades para você!

Por Rafael Mansberger – Especialista em crédito – @rafaelmansberger – E-mail: [email protected]

Recomenda

Últimas