Publicidade

Como dona Zulmira de 83 anos faturou mais de 54 mil reais na pandemia.

Com a ajuda do neto, vendendo tapetes de crochê, Dona Zulmira conseguiu faturar em um mês o que faturava em dois anos.

Por:

Publicidade

Fonte: Google

Desde o início da internet no Brasil as fronteiras foram diminuídas e praticamente tudo pode ser comercializado sem que barreira geográfica fosse um problema.

Em 2019 o e-commerce brasileiro faturou mais de 145 Bilhões superando 2018 em mais de 10% segundo o relatório Weshoppers da E-bit e boa parte desse resultado veio através de vendas feitas através dos Marketplaces.

Mas você sabe o que é um Marketplace?

Para você entender como Dona Zulmira conseguiu lucrar mais de 5 mil reais líquidos logo no primeiro mês com seu negócio a partir de casa, mesmo durante a pandemia.

Leia esse artigo até o final. Vai valer a pena.

Marketplace pode ser definido como uma grande loja virtual, como Americanas.com, o Submarino, Shoptime, (Grupo B2W) Ponto Frio, Extra, Casas Bahia (Grupo Via Varejo), Netshoes, Magazine Luiza, Amazon, Mercado Livre, Mobly, e muitos outros que surgem diariamente.

Todos esses marketplaces, permitem que diferentes lojistas utilizem sua plataforma para venderem seus produtos.

Eles podem utilizar toda a estrutura tecnológica e influência destas marcas para atrair consumidores e gerar negócios para si próprios.

Uma das maiores vantagens deste modelo é que não existe qualquer custo inicial cobrado pelo canal de vendas.

O que ocorre é que o lojista (vendedor), vende no marketplace, paga uma comissão sobre o valor SOMENTE a cada venda realizada.

Por isso, este é um investimento com bom custo x benefício e ótimas possibilidades de receita. O lojista só paga comissão quando ele vende. Se não vender não paga nada.

Ótimo, não?!

Outro ponto interessante do marketplace, é que ele funciona como um ” shopping center ” para o consumidor, concentrando uma grande variedade de produtos e categorias.

O consumidor pode comprar produtos de segmentos distintos de diferentes lojistas e adquirir tudo em um único carrinho de compras, efetuando um único pagamento dos produtos e do frete.

Foi utilizando esse sistema que dona Zulmira de 83 anos, conseguiu faturar mais de 5 mil reais líquido logo no primeiro mês. Dona Zulmira produz manualmente tapetes feitos em crochê e normalmente, ela consegue vender no “boca a boca” uma média de 5 tapetes de crochê por mês.

Mas Dona Zulmira queria aumentar as vendas e não sabia como.

Foi então que seu neto, Augusto de 17 anos teve uma ideia que mudou esse cenário.

Augusto, cadastrou os tapetes que Dona Zulmira produz no maior marketplace da América Latina, o Mercado Livre.

“Não precisou de CNPJ, cadastrei o CPF da minha vó e os produtos, fiz os anúncios em 30 minutos, mas ela não acreditava que isso fosse dar resultado” disse o neto.

Mas para surpresa de dona Zulmira na primeira semana foram 27 tapetes vendidos.

Praticamente a venda que ela conseguia em 5 meses apenas no “boca a boca”.

No final do primeiro mês foram 109 tapetes vendidos, um recorde absoluto para Dona Zulmira.

Foi preciso tirar o anúncio do produto do ar para que ela pudesse tentar atender a todos os clientes, afinal os tapetes são feitos de forma manual.

Dona Zulmira conseguiu fazer os 109 tapetes em quase 18 dias com a ajuda de mais duas amigas.

Cada tapete foi vendido no site por 79,90 totalizando um faturamento bruto no primeiro mês de exatamente R$ 8.709,10 reais.

Descontando a comissão do site, que é de 16% cobrada no ato da venda, Dona Zulmira recebeu do Mercado Livre R$ 7.315,44, exatamente R$ 67,11 centavos por cada tapete já com os descontos da comissão do site.

Segundo ela, o custo para produzir cada tapete é de 19,50 em material (linha de crochê), portanto se subtrairmos os 19,50 de custo dos 67,11 que ela recebeu por tapete, teremos um lucro líquido de 47,61 centavos por produto.

Uma operação extremamente lucrativa.

Foram R$ 5.189,49 de lucro líquido na venda dos 109 tapetes, utilizando apenas o Mercado Livre. Tudo sem sair de casa.

No quarto mês, mesmo durante a pandemia dona Zulmira aos 83 anos, abriu a própria empresa para poder emitir as notas fiscais e formalizar o negócio.

De Abril a Dezembro de 2020 ela faturou 54 mil reais com suas vendas de tapetes de crochê.

Você também quer saber mais sobre vendas em marketplaces?

CLIQUE AQUI

 

Dona Zulmira é uma em milhares de pessoas, que estão encontrando um novo caminho, vendendo a partir de casa e utilizando os marketplaces para alavancar seus negócios.

Se quiser saber mais, responda nossos e-mail que poderemos ajudar você a alavancar seus negócio dentro dos marketplaces.

Recomenda

Últimas